world conect
Barbearia do Robson
PEIXARIA W.E 20 DE NOVEMBRO
Emporio da carne 20 de novembro de 2021

STF cita poder de liderança e mantém prisão de megatraficante

Por Redação em 30/06/2022 às 14:26:15

Preso na Operação Grão Branco, deflagrada pela Polícia Federal em 6 de maio de 2021 para desarticular uma quadrilha que atuava no tráfico internacional de cocaína, João Carlos Moraes de Lima teve pedido de habeas corpus negado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele afirmou permanecem válidos os motivos que resultaram na prisão do criminoso, ou seja, a garantia da ordem pública e a futura aplicação da lei penal.

Os membros da organização criminosa ostentavam uma vida luxuosa em condomínios de alto padrão, mansões e carros de alto valor comercial. Na operação, considerada a maior da Polícia Federal em Mato Grosso, constatou-se que os membros do grupo atuavam no tráfico interestadual e internacional de drogas, trazendo cocaína da Bolívia em aviões e caminhões carregados de soja e milho para a distribuição.

Os criminosos compravam as aeronaves em nome de pessoas e empresas laranjas e usavam pistas de pousos clandestinas no Estado para descarregar o entorpecente, de onde seguiam em caminhões para a distribuição. Conforme a PF, os funcionários eram recrutados por uma grande quantia em dinheiro sendo que pilotos de aviões que transportavam os carregamentos de drogas chegavam a receber R$ 100 mil para cumprir um voo de 3h a 4h.

À época, foram cumpridos mais de 200 mandados, entre prisão e apreensão, também em Mato Grosso do Sul, Tocantins, Amazonas, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. Entre os mandados expedidos pela 1ª Vara da Justiça Federal de Cáceres tinham 38 de prisão e 72 de busca e apreensão, sequestro de todos os bens de 103 pessoas físicas e jurídicas investigadas.

No Supremo, a defesa de João Carlos Lima contestou outras decisões desfavoráveis, tanto no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), quanto no Superior Tribunal de Justiça (STJ) que já tinham negado pedidos de habeas corpus para colocar o traficante em liberdade. Nos despachos anteriores os magistrados enfatizaram que João Carlos Mor...

Fonte: www.folhamax.com.br

Comunicar erro
world conect nova art
PEIXARIA W.E 20DE NOVEMBRO
Emporio da carne

Comentários

world conect nova art
world conect nova art
Emporio da carne