world conect

Tim Cook, presidente-executivo da Apple, recebe 'prêmio' de quase R$ 4 bilhões em ações

Líder da empresa ganhou papeis da fabricante do iPhone como recompensa de acordo fechado quando se tornou CEO, em 2011, após morte de Steve Jobs. Valores foram...

Por Redação em 27/08/2021 às 16:29:12
Líder da empresa ganhou papeis da fabricante do iPhone como recompensa de acordo fechado quando se tornou CEO, em 2011, após morte de Steve Jobs. Valores foram liberados após cumprimento de meta. Tim Cook, CEO da Apple, durante conferência na Califórnia

REUTERS/Stephen Lam

O presidente-executivo da Apple, Tim Cook, recebeu mais de 5 milhões de ações da Apple nesta semana – o equivalente a cerca de US$ 750 milhões (ou R$ 3,9 bilhões).

De acordo com a Securities and Exchange Commission (SEC), equivalente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o executivo recebeu os títulos e vendeu todos eles.

Pouco mais da metade (52,65%) foram retidos pela Apple para cumprir com requisitos de impostos – ou seja, Cook ficou com aproximadamente US$ 355 milhões (R$ 1,8 milhão).

LEIA TAMBÉM:

Menino de 12 anos ganha R$ 2 milhões com NFTs de baleias

Carne wagyu, a mais cara do mundo, ganha versão artificial criada com impressora 3D

Os papeis foram recebidos como parte final de um pacote de recompensas garantidos para Cook quando ele se tornou CEO da empresa, em 2011, após a morte de Steve Jobs.

Havia uma meta para ter essas ações liberadas: os papeis da Apple precisariam dar um retorno que ultrapassasse dois terços das empresas no índice de mercado S&P 500 nos últimos três anos.

A companhia atingiu a marca com facilidade e, segundo dados da agência Bloomberg, o retorno total aos investidores das ações da empresa alcançaram 192%, colocando a Apple como a 13ª empresa mais rentável do índice.

Atualmente, a fabricante do iPhone é a empresa mais valiosa do mundo, com valor estimado de US$ 2,45 trilhões, seguida da Microsoft (US$ 2,2 trilhões) e Alphabet, controladora do Google (US$ 2,2 trilhões).

Segundo um ranking da revista Forbes, Tim Cook tem patrimônio avaliado em US$ 1,4 bilhão – o que coloca ele na posição 2.199, distante de Jeff Bezos, ex-CEO da Amazon e homem mais rico do mundo com fortuna avaliada em US$ 192,4 bilhões.

Em 2015, Cook disse à revista Fortune que planejava doar toda a sua fortuna para projetos filantrópicos.

LEIA MAIS: 'Tenho orgulho de ser gay', diz Tim Cook, presidente da Apple, em artigo

Jeff Bezos, homem mais rico do mundo, vai ao espaço e agradece a clientes da Amazon: 'Vocês pagaram'

Fonte: G1

Comunicar erro

Comentários

KBOX TV