Dr. Adriano denuncia má administração e precariedade no atendimento de saúde

Dr. Adriano denuncia má administração e precariedade no atendimento de saúde

89
0
SHARE

Falta de medicamentos, baixo número de profissionais no atendimento, demora para transferência de pacientes em estado de emergência. Esses são só alguns dos problemas que os cidadãos enfrentam quando buscam atendimento no Hospital Municipal Ângela Simões, em Casimiro de Abreu. Desde o início do ano, a unidade já registrou alguns óbitos decorrentes da falta de atendimento.

Na sessão legislativa da última quarta-feira, 14, o vereador Dr. Adriano Lima questionou a administração municipal em relação às denúncias que a população vem fazendo sobre o precário atendimento oferecido na rede municipal, e lembrou que a saúde deve ser a prioridade de qualquer governo.

– É dever moral do administrador público fornecer atendimento de qualidade ao cidadão, dando ao paciente e a seus familiares dignidade no momento da enfermidade. Precisamos de investimentos em várias áreas, claro, mas a mais urgente é a saúde. Quando falta algo na saúde, perdemos vidas, e isso é irreparável. Não podemos admitir e aceitar calados – disse o vereador.

Dr. Adriano levantou o tema na sessão após uma indicação de Projeto de Lei protocolada pelo vereador Alex Neves, que indicava investimentos na agricultura do município. Mesmo reconhecendo a importância de se investir no setor, Dr. Adriano lembrou que, nesse momento em que o governo indica baixo orçamento, os principais investimentos devem ser feitos na saúde, investimentos que podem salvar vidas.

– A situação do Hospital Municipal de Casimiro de Abreu é gravíssima. São relatos de desorganização e má administração que resultam em mortes prematuras de cidadãos casimirenses.  É descaso com a vida humana. A crise não pode ser desculpa para banalizarmos a morte – concluiu Dr. Adriano.

SEM COMENTÁRIOS

LEAVE A REPLY